Monte Antigo das Aparições

Local onde ocorriam as Aparições de Nossa Senhora de 1993 até o ano 2000

Monte das Aparições de Jacareí
Monte das Aparições de Jacareí
Monte das Aparições de Jacareí
Monte das Aparições de Jacareí
Altar de São Miguel - Monte das Aparições de Jacareí
Monte das Aparições de Jacareí
Monte das Aparições de Jacareí
Monte das Aparições de Jacareí
A primeira Aparição de Nossa Senhora aconteceu dentro da Igreja Matriz da Imaculada Conceição na Cidade de Jacareí, SP, Brasil em fevereiro de 1991. Depois desta data, as Aparições de Nossa Senhora ocorriam onde o vidente Marcos estivesse: Rezando em sua Capelinha, na Igreja, grupos de oração, etc... Em meados de 1993, Nossa Senhora avisou que começaria a aparecer no monte, próximo à casa de Marcos Tadeu. No primeiro dia, a notícia atraiu muita gente ao local, de difícil acesso e, sobretudo, ermo e deserto, naquele tempo.
Das primeiras Aparições no Monte, relataremos o que se passou no dia 2 de outubro de 1993, festa dos anjos da guarda. Marcos Tadeu relata:
Nossa Senhora defende seus filhos

“Eu ia subindo na frente, rezando o Rosário em voz alta, seguido por muitas pessoas. A subida era íngreme, a respiração tornava-se ofegante ao longo da encosta elevada. Em seguida, ouvimos um ruído estranho, como de muitas vozes confusas, em outras palavras, uma pequena multidão rumorosa e agitada.
Olhamos para ver, e notamos que de um canto à parte, se aproximava um grupo de pessoas, que não podíamos ver direito quem eram, porque já estava escuro. Eles gritavam alto e confusamente. Entendemos que eram protestantes, pois as palavras que gritavam eram semelhantes ao que ouvimos em suas reuniões por aí.
Chegados ao lugar da aparição, começamos a rezar juntos, esperando Nossa Senhora, que veio, naquele dia, acompanhada de São Rafael Arcanjo e do meu anjo da guarda. Estávamos rezando o Rosário e eles, os protestantes, puseram-se a gritar ainda mais alto. Eles permaneciam a uma certa distância, próximos do grupo. Começaram a falar algumas blasfêmias em voz alta.
Em seguida, enfureceram-se contra nós, ao ver que não parávamos com a oração, e atiraram pedras em nossa direção. Alguns do grupo foram acertados, embora, não de forma grave. Pedi que não nos rebaixássemos, respondendo da mesma forma.
De repente, Nossa Senhora apareceu e, com o dedo, apontou para o Céu, mandando que todos olhassem para a lua. O Céu estava encoberto, mas, do nada, abriu-se completamente e deixou ver a lua. Estava cheia, duas vezes maior que o normal, e se aproximava da Terra!
Muita gente não sabia o que fazer. Enquanto a lua se aproximava da Terra, ela tomou uma coloração vermelha, como se fosse feita de sangue. Aproximou-se a um tal ponto, que chegou a tomar praticamente o Céu inteiro, e continuava a vir, parecia que a lua iria chocar-se com a terra! Uns choravam de medo, outros rezavam. Os protestantes se puseram numa fuga descontrolada morro abaixo, deixando cair tudo o que tinham nas mãos.
Nossa Senhora havia dado aquele sinal para que todos cressem em sua presença e em sua mensagem.
Aqueles que ainda ficaram, olharam para mim apavorados, com medo. Perguntei a Nossa Senhora se nós iríamos morrer naquele momento, pois a lua ficava cada vez maior e mais próxima de nós. Nossa Senhora me respondeu que não e, em seguida, apontou de novo para o Céu, e a lua voltou ao seu lugar normal.
Todos ficaram muito emocionados e, sobretudo, muito impressionados com o que viram.
Ainda em êxtase eu caminhava de joelhos sobre as pedras cortantes que lá havia, e beijava várias vezes a Terra a pedido de Nossa Senhora, como sacrifício para converter os pecadores.
Depois da aparição, alguns presentes quiseram ver meus joelhos, pois havia caído com eles, no início da aparição, sobre uma pedra pontuda. Eu mostrei, mas não havia nem sinal de sangramento, corte ou lesão.
Nossa Senhora deu a mensagem e, em seguida, falou São Rafael e o meu Anjo da Guarda. A aparição deve ter durado meia hora ou mais. Depois, Nossa Senhora e os anjos desapareceram.
Nós nos comprometemos a amar ainda mais nossa Mãe do Céu, desprezada pelos homens. Isabel estava cheia do Espírito Santo quando disse “Bendita és tu entre as mulheres e bendito o fruto de teu ventre. De onde me vem a honra de a Mãe do meu Senhor vir me visitar?”. Na minha opinião, aqueles protestantes estavam instigados pelo demônio para ultrajá-la, ridicularizá-la publicamente. Quem tem o Espírito Santo de Deus reconhece, como Isabel, que Maria é santa e bem-aventurada para sempre!
Descemos e voltamos para casa diferentes, mudados, em paz e muito felizes.
Havia pessoas presentes que há muito tempo não pisavam na Igreja. Naquele dia, dobraram seus joelhos, acreditaram e converteram. Foi maravilhoso.”.
Foi durante estas orações noturnas no monte que, muitas vezes, o povo viu sinais sobrenaturais nas estrelas, no céu e nas nuvens.
As Aparições de Nossa Senhora em Jacareí, não ocorrem mais no Monte das Aparições.
Devido a diversos problemas gerados pelo grande número de peregrinos que acorriam ao Monte, o local das Aparições foi mudado para o novo e atual Santuário das Aparições de Jacareí, localizado na Estrada Arlindo Alves Vieira N° 300, Bairro Campo Grande.